Comida na Mesa

O Governo do Maranhão criou o Programa Comida na Mesa, que visa fortalecer as ações de segurança alimentar e nutricional das famílias mais vulneráveis do estado

Investimento

R$ 180 milhões

Ações

Cestas básicas 

Serão realizadas por meio do Programa, a compra, montagem e entrega de cestas básicas às prefeituras (estas responsáveis pela distribuição nos municípios)

Parte das cestas contêm produtos da agricultura familiar, como arroz, feijão, biscoito de babaçu, óleo de babaçu, azeite de babaçu e mel de abelha.

Os produtos são fornecidos por agricultores dos municípios de Mirador, Colinas, Itinga do Maranhão, Itapecuru, São Domingos, Codó, Primeira Cruz, Presidente Vargas, Bacabeira, Junco do Maranhão, São Luís Gonzaga, Timbiras e Viana.

Em 2020, o Governo do Maranhão distribuiu mais de 400 mil cestas básicas à população vulnerável. Para 2021, a meta é mais 400 mil cestas para auxiliar na segurança alimentar de quem mais precisa.

Vale-gás

Distribuição de gás de cozinha às famílias maranhenses cadastradas no CadÚnico que não possuam nenhuma outra renda. As famílias poderão receber o benefício por até quatro vezes consecutivas.

Mais informações:  https://valegas.www3.sedes.ma.gov.br/

Procaf 

Lançamento de editais do Programa de Compras da Agricultura Familiar – Procaf, que visa a compra de produtos da agricultura familiar (babaçu, de povos indígenas, Plano Mais IDH e cadeias produtivas) e estes doados às famílias em situação de vulnerabilidade social e nutricional atendidas pelo Banco de Alimentos, hospitais e CRAS.

Programa Alimenta Brasil (PAB)

Compra de produtos da agricultura familiar por dispensa de licitação, e estes doados às redes socioassistenciais dos municípios participantes do PAA.

Restaurantes Populares

Ampliação da rede de Restaurantes Populares pelo Maranhão

Jantar servido à R$ 1

Informações: www3.sedes.ma.gov.br/ 

Construção de Sistemas de Abastecimento de Água

Estradas vicinais

Equipamentos agrícolas

Coordenação do Comida na Mesa

O Comida na Mesa é coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF),  em parceria com Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (SEDES) e Secretaria de Estado de Governo (SEGOV).