Governo entrega veículos que vão auxiliar a realização de Cadastro Ambiental Rural e assistência técnica no Maranhão

Entrega de carros CAR

Entrega de carros CAR

Nesta quarta-feira (9), na sede da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), foi realizada a entrega de onze veículos para a Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) que vão auxiliar na realização de Cadastro Ambiental Rural em todo o território maranhense.

Os carros darão apoio nas ações do Projeto Mais Sustentabilidade no Campo e na realização de atividades de assistência técnica e extensão rural desempenhadas pela Agerp.

Para o secretário da SAF, Júlio César Mendonça, a entrega dos veículos à Agerp representa um avanço nas ações do CAR em todo estado, permitindo maior efetividade no cadastro dos imóveis rurais. “Estamos hoje numa importante ação de entrega de onze caminhonetes no âmbito do CAR, uma parceria entre o Governo do Estado e Governo Federal, e que vai dinamizar as ações do CAR dentro da agricultura familiar, além de servir de apoio para as atividades de ater na Agerp e dialogando na preservação do meio ambiente,” pontuou Mendonça.

O diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Agerp, José Malheiros, afirmou que esses veículos destinados ao CAR visam fortalecer a atividade no campo através do desenvolvimento de ações agrícolas e de preservação ambiental. “É um momento especial para a Agência, pois estaremos instrumentalizados para executar esse programa que visa compatibilizar a agricultura e meio ambiente,” disse.

O CAR é uma ferramenta utilizada para auxiliar o processo de regularização, planejamento e monitoramento ambiental de propriedades, posses rurais e territórios tradicionais.

Entrega de carros para CAR e Ater

Entrega de carros para CAR e Ater

O Governo do Estado firmou, em 2018, contrato com o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para executar o projeto Mais Sustentabilidade no Campo, executado pelo Sistema de Agricultura Familiar – composto pela Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp) e Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma).

Com um valor total de R$ 40,4 milhões do Fundo Amazônia, o projeto tem como meta o cadastramento de 182.500 imóveis rurais com até quatro módulos fiscais em todos os 217 municípios do Maranhão. Entre as vantagens para a realização do cadastro, destacam-se a comprovação de que o produtor está em dia com a legislação e regularizado ambientalmente, podendo ter acesso ao crédito rural e outros programas de incentivo à produção do governo.

Texto: Samara Andrade