Governo do Estado capacita associações selecionadas pelo Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf)

Procaf

Procaf

Representantes de mais de 30 associações de agricultores familiares de 22 municípios, participaram nesta segunda-feira (14), no auditório da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), de capacitação sobre a Execução do Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf). O intuito é mostrar a operacionalização do Programa objetivando o aprimoramento da comercialização dos pequenos produtores.

A capacitação foi coordenada pela Superintendência de Comercialização da SAF e destacou a operacionalização do Procaf que envolve desde a assinatura do contrato, passando pela entrega dos alimentos, central de recebimentos e os equipamentos estabelecidos dentro das técnicas de armazenamento dos produtos, além de prestação de contas, processo de pagamentos e entrega dos alimentos para as entidades socioassistenciais.

 

Procaf

Procaf

Para o secretário de Estado de Agricultura Familiar, Júlio César Mendonça, programas de aquisição de alimentos, como o Procaf, são extremamente importantes na potencialização da produção. O Programa garante a aquisição direta, com dispensa de processo licitatório dos produtos in natura ou manufaturados produzidos pelos agricultores familiares ou suas organizações sociais rurais e urbanas.

“É uma garantia de que o que é produzido pelo agricultor vai gerar renda e melhoria de vida. Além de beneficiar os agricultores, o Procaf ajudará pessoas em vulnerabilidade social e alimentar”, pontuou o secretário.

A presidente da Associação das Quebradeiras de Coco Babaçu do Canto do Ferreira, município de Chapadinha, Gracilene de Jesus, parabenizou o Governo do Estado por valorizar a agricultura familiar e o extrativismo. Para a associação serão R$ 55.990 reais que beneficiará 14 famílias.

 

capacitação

capacitação

“Nós iremos entregar para oito escolas do município de Chapadinha produtos à base de coco babaçu como o bolo de mesocarpo, azeite e o próprio mesocarpo, muito utilizado para fazer mingau. Então, com essa capacitação, nós teremos mais conhecimentos para melhorar e aprimorar o trabalho e nossos produtos”, concluiu Gracilene.

Este ano, o Governo do Estado destinou R$ 2 milhões, oriundos do Fundo de Combate à Pobreza (Fumacop), para selecionar, por meio de Chamada Pública, associações e cooperativas para o Procaf. Desse montante, R$ 200 mil foram destinados aos povos indígenas.

Participaram da capacitação representantes dos municípios de Chapadinha, Codó, Rosário, Vargem Grande, Icatu, Santa Rita, Bacuri, Coroatá, Viana, Santo Antônio dos Lopes, Matinha, São João do Sóter, Pedreiras, Matões do Norte, Anapurus, Araguanã, Trizidela do Vale, Santo Amaro, Bela Vista do Maranhão, Buriticupu, Lima Campos, Governador Edson Lobão.

O evento contou ainda com a participação dos secretários Adjuntos da SAF, Chico Sales e Luciene Dias Figueiredo, o Gestor Regional da Agerp de Rosário, Waldemar Diniz e a Superintendente de Comercialização da SAF, Viviane Anchieta.

Texto: Claudilene Maia

DATA: 14/10