Comunidade Quilombola em São João do Sóter recebe R$ 60 mil de incentivo para comercializar produtos da Agricultura Familiar

procaf

procaf

Cerca de 23 famílias da Associação dos Produtores Rurais do Povoado Santo Antônio, comunidade quilombola localizada em São João do Sóter, agora contam com recursos de R$ 60 mil garantidos para comercialização dos produtos da agricultura familiar. A assinatura do contrato do Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf) foi realizada, nesta quinta-feira (31), pelo secretário de Estado de Agricultura Familiar (SAF), Júlio César Mendonça, e pela presidente da Associação, Deusinete Lopes.

Em 2019, o Governo do Estado destinou R$ 2 milhões, oriundos do Fundo de Combate à Pobreza (Fumacop) para selecionar, por meio de Chamada Pública, associações e cooperativas para o Procaf. Desse montante, R$ 200 mil foram destinados aos povos indígenas.

Assegurar condições para produzir, comercializar e, ainda, contribuir com a segurança alimentar de instituições socioassistenciais, são alguns dos benefícios que os agricultores familiares e população do Maranhão terão com o Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf), que visa a aquisição direta de produtos da agricultura familiar por dispensa de licitação.

Assinatura

Assinatura

“É uma garantia de que o que é produzido pelo agricultor vai gerar renda e melhoria de vida. Além de beneficiar as famílias rurais, o Procaf ajudará pessoas em vulnerabilidade social e alimentar”, pontuou Júlio César Mendonça, secretário da SAF.

A presidente da Associação dos Produtores Rurais do Povoado Santo Antônio, a agricultora Deusinete Lopes ressaltou que serão 23 famílias da comunidade que passam a produzir e fornecer os alimentos ao Programa. E que essa é mais uma iniciativa que vai valorizar quem vive no campo. “Nós estamos muito felizes por esse incentivo, certos de que nossa produção vai ser alimento para as famílias carentes atendidas pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do nosso município”, acentuou.

Participaram do ato de assinatura as superintendentes da SAF, Ladyanne Pinheiro, Viaviane Anchieta, Suziane Machado e o coordenador Rogério Sales.